Rituais Satânicos na Serra de Sintra

 

A Serra de Sintra é por muitos considerado como um local místico,  mágico , energético e astral  já de tempos remotos, também associada ao seu microclima que a envolve em brumas quase constantes. 

O nevoeiro , a sua energia, o isolamento de certos locais , o ranger das árvores , o magnetismo e o misticismo desta Serra torna-a perfeita para os mais variados actos de contacto com o reino espiritual.

 

 

Os Cultos Satânicos e a Magia Negra nos entroncamentos . Os Rituais e os Feitiços de aproximação , Rituais Nocturnos , Iniciações e Oferendas.

É bastante comum a quem anda muito pela Serra encontrar alguns vestígios destes rituais. Desde S. Eufémia da Serra até ao Santuário da Peninha ( o inicio e o fim da Serra na vertente Oeste – Este) são locais de culto preferidos entre os praticantes.
 

Os Feitiços de aproximação e as Oferendas 

 

Actualmente os locais mais abundantes destes rituais ficam perto das estradas principais . É com alguma frequência que se vê estes despojos na Lagoa azul ou na Barragem do rio da Mula ou em qualquer cruzamento ou entroncamento na Pedra Amarela , Peninha ou Capuchos.

 

Rituais Satânicos na Serra de Sintra 

Rituais Satânicos na Serra de Sintra nos anos 80 e 90.

Há uns anos era um pouco diferente. Os Rituais Satânicos na Serra de Sintra eram muito mais macabros e muitas vezes a presença de animais como gatos pretos , sapos ou cabras acabavam desmembrados ou sem cabeça.

Os locais de eleição eram o Parque da Pena , a Gruta do Monge , o Convento dos Capuchos , o Tholos do Monge , a Tapada do Pacheco etc.

Devido à recuperação destes locais pela PSML tornou-se mais difícil encontrar estes rituais mais macabros , por isso actualmente é muito raro presenciar alguns como é mostrado nas fotografias.

Lembro-me bem há uns bons 20 anos quando andava na Serra de noite era normal nas noites de Sexta Feira 13 encontrar grupos de pessoas que vinham para a Serra de Sintra procurar nestas magias alguma coisa fora do entendimento geral de todos nós.

 

   

As velas pretas 

As velas vermelhas ou pretas e brancas estavam sempre presentes nos Rituais Satânicos na Serra de Sintra. Grupos de pessoas em mãos dadas a “cantar” cheias de sangue vimos algumas vezes num local perto dos Capuchos. Várias vezes nos cruzamos com esses grupos , alguns nem eram portugueses. Várias informámos  as autoridades  destes comportamentos.

Não é nossa pretensão neste artigo divulgar ou explicar estes rituais ,serve apenas de informação . Este tipo de rituais é totalmente deplorável para todos nós como Caminhantes e amantes da Natureza. Inundam a Serra com lixo, podem provocar incêndios e contaminam os habitats e animas autóctones.

Alguns destes assuntos são retratados “in loco” na nossa Caminhada –  Serra Assombrada.