Caminhadas na Serra de Sintra – 8 Percursos Pedestres a não perder.

 

A Serra de Sintra outrora apelidada de Monte da Lua é uma Serra dos concelhos de Sintra e Cascais e situa-se entre a planície da terra Saloia e o Mar. Constituída por um maciço granítico de pouca altitude, mede cerca de 10 quilómetros de leste a oeste e cerca de 5 km de largura, tendo o seu maior pico uma altitude de 529 metros, na Cruz Alta.

A Serra de Sintra está integrada no Parque Natural de Sintra-Cascais. Possui uma fauna riquíssima e aqui se encontram por entre carvalhos, sobreiros e pinheiros-mansos: raposas, ginetas, toupeiras, salamandras, o falcão-peregrino, a víbora e diversas espécies de répteis escamados.

A Serra de Sintra é considerado como um local místico,  mágico, energético e astral  já de tempos remotos, também associada ao seu microclima que a envolve de brumas.

Considerada a Serra do Romantismo, é procurada por muitos visitantes que inevitavelmente por ela se apaixonam, possuindo enormes riquezas naturais, monumentais, culturais e artísticas.  A grande riqueza do ecossistema e o brumoso véu de romantismo que o envolvem foram cantados pelos poetas em inúmeras ocasiões, particularmente por Gil Vicente, Camões (Os Lusíadas), Southey e Byron (Childe Harold).

A beleza única da sua paisagem cultural está classificada como Património Mundial pela UNESCO, sendo mesmo a única no mundo com esta classificação.

É na Serra de Sintra que se localizam: o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, o Convento dos Capuchos, o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Monserrate, o Palácio de Seteais e a Quinta da Regaleira.

 

A Vila de Sintra faz parte do território do Parque Natural Sintra Cascais. Juntamente com a Serra de Sintra constituem um dos mais belos locais em Portugal. O Monte da Lua sempre cheio de magia e encantamento faz as maravilhas de todos os que a visitam e realizam as Caminhadas da Serra de Sintra.

Frequentada habitualmente por milhares de turistas que alegremente passeiam nos seus monumentos gloriosos duma época brilhante da nossa História. 

Como é habitual na Vila e Serra de Sintra realizamos várias atividades. Desde caminhadas pelo território desde a Serra até ao Cabo da Roca, passando pelos píncaros da Serra, Cruz Alta, Alto do Monge ou Santuário da Peninha.

Outras pelas Praias da Ursa, Praia da Adraga, Praia do Magoito, Praia da Samarra. Praia da Vigia, às grutas da Manhosa e Gruta da Loba.

Às visitas guiadas com Historiador aos palácios de Sintra, Palácio da  Pena, Palácio de Monserrate, Convento dos Capuchos, Palácio de Queluz, quer a diversas outras actividades que desenvolvemos como sobrevivência, orientação em Montanha, grandes rotas, travessias e diversos programas culturais.

 

Desde o ano de 2010 que organizamos semanalmente caminhadas organizadas na Serra de Sintra. Realizamos desde as mais fáceis até às grandes caminhadas Trekking –  as travessias da Serra.

Somos uma empresa de Caminhadas e de Turismo Aventura com sede em Sintra. Se desejar realizar alguma destes Eventos não perca mais tempo, envie-nos uma mensagem, peça-nos um orçamento que organizamos tudo.

Estes são apenas alguns exemplos das Caminhadas da Serra de Sintra que podemos realizar. Existem também outras de enorme beleza que não estão aqui mencionadas.

 

 

Caminhadas na Serra de Sintra

 

​Caminhadas na Serra de Sintra – Percurso do Palácio e Parque da Pena.

O Palácio da Pena como todos sabem é um dos palácios mais bonitos do Mundo. Mandado construir em 1840 pelo Rei D. Fernando II aproveita as ruínas do antigo convento da Pena e cria ao seu belo esplendor o Palácio. Também manda plantar um magnífico jardim – o Parque da Pena.

​Pontos de interesse: Palácio da Pena, Vale dos Lagos, Cruz Alta, Chalet da Condessa, Abegoaria, Estufa, Feteira da Rainha, Mirante D. Amélia, estátua do Guerreiro da Pena, Tuia gigante, Pateira, Fonte dos Passarinhos, etc.
​Este percurso é possivelmente o mais bonito das caminhadas na serra de Sintra.​​

Dificuldade – Fácil – Moderado.
​Duração: cerca de 5 horas com visita ao Palácio.
Início e Fim: Portão do Parque da Pena.

 

Caminhadas da Serra de Sintra 

Percurso da Cruz Alta no Parque da Pena

O denominado sítio da Cruz Alta é o ponto mais elevado do Sistema montanhoso da Serra de Sintra. Com 529 metros de Altitude inegavelmente tem uma vista fenomenal sobre o Palácio da Pena e toda a Serra de Sintra.

É encimado por uma cruz de recente fabrico que veio substituir outras desde os longínquos anos de 1800 que foram destruídas por relâmpagos.

Para visitarmos a Cruz Alta tem de obrigatoriamente entrar no Parque da Pena, para quem não for munícipe de Sintra terá que adquirir o ingresso de entrada com o valor de 8 € 

O Parque da Pena em Sintra é um dos locais mais bonitos do Mundo e dizemos isto sem exageros. Contém uma magnífica vegetação arbórea dos 4 cantos do Mundo.

O Parque da Pena de D. Fernando II 

Pensado e Implantado pelo seu criador o Rei D. Fernando II constitui um impressionante aglomerado das mais raras espécies de plantas e árvores espalhadas pelo parque em locais específicos.

No Parque da Pena é visita obrigatória além do incontornável e sempre majestoso Palácio da Pena, o Templo das Colunas, a mesa da Rainha, a estátua do Guerreiro, o trono da Rainha com magnífica vista privilegiada sobre o Palácio da Pena, a Gruta do Monge, o Picadeiro, a Capela Manuelina e a Fonte dos Passarinhos

Ainda o vale dos grandes Lagos, a Tuia gigante, a Feteira da Rainha, a Abegoaria, as Estufas, o Chalet da Condessa, o alto do Chá, o jardim da Condessa e muito mais que se pode encontrar aqui neste pequeno paraíso que é o Parque da Pena.

 

 

Caminhada na Vila de Sintra

 

​Percurso Pedestre da Vila de Sintra 

A pitoresca Vila de Sintra é a capital do romantismo em Portugal. Cheia de recantos escondidos entre Palácios e casas senhoriais a vila de Sintra proporciona uma Caminhada belíssima cheia de aromas e jardins encantados.

​Pontos de interesse: Palácio da Vila de Sintra, Igreja de S. Martinho, Fonte da Pipa, Palácio de Seteais, Quinta da Regaleira, Cascata dos Pisões, Volta do Duche, Palácio Valenças, Parque da Liberdade, Parque das Merendas, Parque dos Castanheiros, Igreja S. Maria, Jardim da Vigia, etc.

Dificuldade: Moderado com algumas subidas acentuadas.
​Duração: cerca de 4 Horas.
​Início e Fim: Palácio da Vila de Sintra.

 

 

Caminhadas na Serra de Sintra Castelo dos mouros 

Percurso Pedestre do Castelo dos Mouros

​​O Castelo dos Mouros em Sintra de provável fundação muçulmana, data do século IX, remontando ao período do domínio islâmico e às conquistas de D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal. Dispõe das melhores vistas sobre toda a Vila de Sintra e sobre o Oceano Atlântico.

Pontos de interesse: Caminho da Muralha do Castelo dos Mouros, Torre Real, Cisterna,  Igreja de S. Pedro de Canaferrim, Igreja de S. Maria, Capela de S. Eufémia da Serra, Mirante de S. Eufémia, Igreja de S. Pedro, Monte Sereno, Fonte de S. Pedro.
Nas Caminhadas na Serra de Sintra para este percurso a visita ao interior do Castelo é facultativo.

Dificuldade: Moderado com algumas subidas acentuadas.
​Duração: cerca de 4 Horas.
​Início e Fim: largo D. Fernando II  – Feira de S. Pedro de Sintra​

 

 

Caminhada das Lagoas da Serra de Sintra

 

​Percurso Pedestre da Barragem do Rio da Mula 

Barragem projectada em 1963 pelo Eng.º Ressago Garcia e construída pela Câmara Municipal de Cascais  em 1969, com o objectivo de abastecimento de água ao Concelho. Apresenta um muro de suporte de 18 m de Altura e 192 m de Largura, tem uma área inundada de 45000m2 e capacidade de armazenar 230000m3 de água.​ É a única barragem do distrito de Lisboa.

​Pontos de interesse: Albufeira da barragem, Monte do Silêncio, Pedra Amarela, penedos do Alvante, Casa das Matas Nacionais, trilho das Pontes.

Dificuldade: Moderado com algumas subidas.
​Duração: cerca de 4 Horas.
​Início e Fim: Barragem do Rio da Mula

 

 

Caminhadas Serra de Sintra Convento dos Capuchos

Percurso Pedestre do Convento dos Capuchos​

O Convento dos Capuchos, também conhecido como Convento da Cortiça foi fundado em 1560 por D. Álvaro de Castro, conselheiro de Estado do rei D. Sebastião, 
Foi Implantado na serra de Sintra entre cerrados arvoredos e elementos rochosos, no Convento de Santa Cruz dos Capuchos,  havia água de nascentes naturais além do fundamental silêncio rústico.​
Nas caminhadas na Serra de Sintra este percurso não inclui a visita ao Convento, com visita acrescentamos uma hora.

Pontos de interesse: Convento dos Capuchos, Tapada D. Fernando, Alto das 3 Cruzes, Alto da Memória, Calhaus do Monge, Tholos do Monge, Casa de Algures, Fonte da Urca, Mirante da Urca.

Dificuldade: Moderado com algumas subidas.
​Duração: cerca de 4 Horas.
​Início e Fim: Convento dos Capuchos – Serra de Sintra
 

 

Caminhadas da Serra de Sintra

Percurso Pedestre do Cabo da Roca:

É a caminhada mais ocidental do Continente Europeu. A vertente Norte tem início no Cabo da Roca e tem passagem pelas maravilhosas Praias da Ursa e praia da Adraga. 

Desde as arribas podem ver a Praia da Aroeira, A Pedra de Alvidrar, a Praia do Cavalo e a Praia do Caneiro.  O Magnífico Fojo da Adraga e a ponta da Batureira são passagens obrigatórias.

A Praia da Ursa tem uma descida um pouco complicada para quem não está habituado a fazer Caminhadas mais exigentes, contudo nem sempre se pode visitar devido às restrições do Parque natural Sintra Cascais.

Conforme dito anteriormente a Praia do Caneiro e Praia do Cavalo apenas é possível visitar quem estiver muito habituado a caminhadas em falésias. Normalmente apenas é utilizado por pescadores mais experientes porque o seu acesso é muito perigoso.

O Cabo da Roca e as Falésias

Para quem estiver mais em forma e não tiver vertigens pode realizar a vertente Sul do Cabo da Roca até ao Guincho. A caminhada é principalmente sempre pelas falésias e é de uma beleza deslumbrante. Ainda mais é considerada a falésia mais bonita de Portugal.

Do Cabo da Roca pode-se realizar o percurso sempre pela costa com descida às praias rochosas e desertas da Enseada de Assentiz, assim como pela Praia do Louriçal, Arribas Direitas, Greta, Guincho Velho (porto do Touro) e Praia da Grota.

Um dos locais de extrema beleza é a Ponta do Rebolo e o Forte do Espinhaço. Locais de contemplação da paisagem rochosa sobre o atlântico. Mais informações sobre as Praias de Sintra no site: Serra de Sintra

 

 

Caminhadas da Serra de Sintra

Percurso Pedestre do Alto do Monge

O Alto do Monge é o terceiro ponto mais elevado da Serra de Sintra. Com os seus 491 metros de altitude é composto por 3 marcos geodésicos, 2 muito antigos de 3.ª escala ou 3º grau e o mais recente de 1.ª escala, ou 1º grau.

Junto aos marcos geodésicos encontra-se uma antiga sepultura chamada Tholos do Monge. Este é uma sepultura colectiva construída no período Calcolítico (idade do cobre) e reutilizado na Idade do Bronze. 

Agora está muito danificada devido à falta de cuidado dos que ali circulam e falta de investimento por parte da autarquia de Sintra. E que bem que merecia.

A sepultura está orientada a norte e aproveita uma depressão natural do granito. Devido ao aparecimento de espécies invasoras já não é possível ter uma perspectiva de 360 graus ao seu redor.

O Alto da Memória

Um pouco mais abaixo do Tholos do Monge fica o denominado Alto da Memória, nome dado pelos Bombeiros e população em homenagem aos 25  soldados do Regimento de Infantaria de Queluz combatentes parecidos no terrível incêndio de 1966 que dizimou grande parte da Serra de Sintra.

Para os mais destemidos podem subir aos Calhaus do Monge que ficam posicionados a Sul do Alto da Memória. Tem uma vista privilegiada para a vertente Sul e Este de toda a Serra até ao Cabo Espichel.

Outros pontos de interesse é o lindíssimo bosque dos Cedros muitas vezes apelidado do bosque encantado, os Calhaus dos Corvos e os Picotos. Os calhaus dos Corvos é o 2.º ponto mais alto da Serra de Sintra com 497 metros.

O Alto dos Picotos tem um marco geodésico de 3.ª escala e marca 475 metros.

Para serem visitados é necessária autorização dos proprietários uma vez que estão em propriedade privada.

O início ideal para esta caminhada é no Quinhentista Convento dos Capuchos um local mágico de contemplação e silêncio único no coração da Serra de Sintra.

O convento dos Capuchos ou da Cortiça actualmente está sobre gestão da Parques de Sintra Monte da Lua e a sua visita é paga.

 

 

Caminhadas da Serra de Sintra

 

Percurso Pedestre do Santuário da Peninha

Situado no extremo oeste da Serra de Sintra o Santuário da Peninha ergue-se no alto da colina com os seus 449 metros. Proporciona uma paisagem de cortar a respiração sobre todo o oceano atlântico desde as ilhas das Berlengas até ao Cabo Espichel.

Do lado do Mar vemos a Praia do Guincho e o farol do Cabo da Roca, mais para norte a Praia da Ursa, a praia das macas e ao longe toda a costa da Ericeira. Nos dias com atmosfera limpa é possível observar as ilhas das Berlengas.

O Santuário da Peninha em Sintra 

O Santuário possui um caminho que possibilita andar ao seu redor quase na sua totalidade. Pode-se facilmente observar o palácio da Pena deste lugar.

Ao redor do Santuário temos a antiquíssima capela de S. Saturnino datado da constituição de Portugal, um pouco mais abaixo, a água fresca e cristalina que brota da Fonte dos Romeiros.

Do lado oeste um frondoso bosque de cedros centenários e a este junto do parque das Merendas, estão as aglomerações rochosas dos Píncaros Novos e Píncaros Velhos, aglomerações rochosas de difícil subida.

Junto da estrada principal está as Pedras irmãs e a fonte das Pedras irmãs.

Relativamente perto do Santuário da Peninha está o Penedo de Adrenunes, formação rochosa muito curiosa que alguns erradamente chamam de Anta.

Este penedo de fácil acesso ao topo, tem uma paisagem deslumbrante que vale bem a pena ser visitado. É encimado pelos vestígios de um marco geodésico de 3.ª escala.

 

 

Barragem à Pedra Amarela

 

Percurso Pedestre da Barragem à Pedra Amarela

 

Este percurso tem início na albufeira da Barragem do Rio da Mula no Concelho de Cascais. Pode facilmente para quem conhece o terreno percorrer vários percursos até ao mirante da Pedra Amarela.

No nosso entender e experiência, o mais agradável será percorrer quase a totalidade da albufeira pela estrada florestal a Oeste até ao acampamento base da Pedra Amarela. 

O Acampamento base da Pedra Amarela é um conjunto de estruturas  e equipamentos realizadas pelos escuteiros para acampamento. Junto a estes existe uma estrutura muito bem organizada pela Cascais Ambiente que possibilita a realização de arvorismo para todas as idades.

No percurso até a Pedra Amarela é passagem obrigatória pelo Monte do Silêncio, pela Piscina do Conde e um pouco mais acima, pelos Penedos do Alvante. Estes Penedos como o Monte do Silêncio são de fácil subida e proporcionam uma vista fantástica sobre o oceano  até ao cabo Espichel.

A Pedra Amarela 

Chegados à Pedra Amarela subimos o Marco geodésico de 3.ª escala para ver a principalmente a paisagem. Da Peninha ao Palácio da Pena, da ponte 25 Abril e Cristo Rei, da Quinta da Penha Longa ao Autódromo do Estoril, de Cascais à Praia do Guincho, são as perspectivas que se podem observar deste mirante com 408 metros de altitude.

O regresso à barragem pelo caminho da Ribeira da Mula é uma excelente opção sobretudo para os mais experientes em caminhadas na Serra de Sintra.

 

 

Nas caminhadas na Serra de Sintra  existe uma larga possibilidade de fazer vários percursos pedestres, estes descritos anteriormente são apenas alguns exemplos.

Facilmente se pode trocar o destino no meio do percurso por outro qualquer. Muitas Caminhadas podem ser realizadas livremente – sem percurso definido.

​Tendo em conta que muita gente não conhece a Serra normalmente o início  das nossas caminhadas na Serra de Sintra é onde existe uma maior possibilidade de estacionamento e maior facilidade de localização do ponto de encontro.

Nas nossas Caminhadas deverão ter em sempre em conta o grau de dificuldade bem como o equipamento e as nossas normas de boa conduta e segurança das Caminhadas.

 

Se quiser participar envie-nos uma mensagem 

 

Informações
Reservas para Grupos

 

 

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Caminhadas Na Serra De Sintra - 8 Percursos Pedestres

os-8-locais-mágicos-da-serra-de-Sintra

As 5 Quintas e edificios notáveis em Sintra

Gerês – As 6 Caminhadas do Paraíso

Os 8 Locais Mágicos da Serra de Sintra

As 5 Quintas e edificios notáveis em Sintra